domingo, 22 de fevereiro de 2015

Beija-flor-verde-de-peito-azul

Amazilia Lactea, Lesson 1832.


Foto de minha autoria, feita aqui em Arceburgo-MG, visitando as flores da Russélia.

Outro nome popular: Beija-flor-de-peito-azul

Duas subespécies no Brasil.

Lado dorsal, coberteiras das asas e lado ventral verde-bronze-escuros; garganta azul-escura-brilhante; pequena mancha pós-ocular branca; faixa longitudinal no meio da barriga e crisso brancos com estria central escura; asa púrpura-enegrecida; cauda azul-enegrecida, no lado dorsal freqüentemente com vislumbre púrpura; os jovens e as femeas tem as retrizes externas com ponta cinza; mandibula preta, maxila cor de carne-avermelhada com ponta escura; pés marrom-enegrecidos.

peso 5g. Medidas: ct. 96mm, a. 57mm, c. 30mm, b. 18mm


Foto de minha autoria, feita aqui em Arceburgo-MG, visitando as flores da Russélia.

Distribuição geográfica: SE-Brasil, da Bahia até Paraná.

O ninho tem forma de tigela e é construído sobre um galho horizontal, sendo feito de painas, sementes com filamentos macios e teias de aranha, é firmemente fixado no galho e os liquens na parece externa.
Medidas do ninho: altura 49mm, profundidade 19mm, diâmetro externo 41mm, diâmetro interno 23mm.


Foto de minha autoria, feita aqui em Arceburgo-MG, na Praça do Sacaia. No detalhe ninho e filhote,esta foto foi feita em 19.04.2012.

Ovo: 0,46 g.  14 x 9mm.

O período de incubação é de 14 dias, e a permanência no ninho é de 23 dias.

Época de reprodução: novembro a janeiro.
Citação: Os Beija-flores do Brasil - Rolf Grantsau


Foto também de minha autoria, feita na Praça do Sacaia, olhem a beleza do ninho, os liquens.

FAMÍLIA TROCHILIDAE
SUBFAMÍLIA TROCHILINAE
Ordem Trochiliformes

Etimologia:
Amazilia - homenagem a Amazili, heroína inca do romance francês Les Incas, ou la destruction de l' Empire du Pérou
lactea - do latim lacteus = branco como o leite, opaco (lac, lactis = leite).
Citação: Aves Brasileiras e Plantas que as atraem - Johan, Christian Dalgas Frisch.


Filhote começando a voar, a fêmea em volta ficava piando, protegendo. Fiz esta foto na Fazenda da Grama, ambiente de mata, em 09.09.2014. Nota de o escritor Rolf, fala da época da reprodução de novembro a janeiro. Aqui em Arceburgo-MG, minhas fotos de ninhos/filhotes datam os meses de Setembro e Abril, isto porque varia de região para região, e a constante mudança do tempo/clima.


BEIJA-FLORES DO BRASIL - NUMERO 27

BEIJA-FLORES DE ARCEBURGO-MG - NUMERO 6

Um comentário:

  1. Boa tarde Ademir,
    Seu Blog é um verdadeiro tesouro e os beija-flores são joias raras de grande valor.
    beijos....

    ResponderExcluir